6 de dezembro de 2016

Foto: Thaís Victer/Andifes
 Reitores de várias Instituições Federais de Ensino Superior, entre eles a reitora da Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa), Raimunda Monteiro, estiveram reunidos em Brasília, na sexta-feira, 2 de dezembro de 2016, com o Subprocurador Geral Federal, Rafael Galvão, representantes da Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior (Andifes) e da Federação de Sindicatos de Trabalhadores Técnico-Administrativos em Instituições de Ensino Superior Públicas do Brasil (Fasubra). O encontro teve o objetivo de buscar entendimentos para ações comuns no interesse da autonomia universitária e na defesa dos direitos dos servidores técnicos e docentes, que aderiram às greves deflagradas nos dias 11 e 25 de novembro, respectivamente. 

Os reitores pedem ao Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão de Pessoas (MPOG) a revisão da mensagem nº 557862, emitida em 30/11/2016, orientando os gestores a seguirem as determinações do Supremo Tribunal Federal (STF), no Recurso Extraordinário nº 693456, decidido em 27/10/2016 e que determina o corte de ponto dos servidores grevistas. 

A reitora da Ufopa, Raimunda Monteiro, ressalta que a Administração Superior da instituição ainda não havia se posicionado oficialmente sobre a demanda porque aguardava as definições da reunião realizada em Brasília, cujos encaminhamentos foram divulgados pela Andifes por meio do ofício nº 253/2016, expedido na segunda-feira, 5 de dezembro. O documento traduz o descontentamento dos reitores, além de sugerir um acordo para compensação dos dias parados.
 
Leia mais sobre Decisão do STF e ações da Ufopa clicando neste link.

Fonte: Ufopa 

Deixe aqui seu COMENTÁRIO: