12 de dezembro de 2016

Foto: Edclei Munduruku
 De acordo com os  indígenas, a Prefeitura não está cumprindo o acordo firmado anteriormente.

Indígenas do Baixo Tapajós da etnia Munduruku voltaram a ocupar o prédio da prefeitura de Belterra, no oeste do Pará, na manhã desta segunda-feira (12). Segundo eles, a prefeitura não está cumprindo o acordo firmado com os professores indígenas que estipulava datas para que fossem realizados os pagamentos dos salários atrasados.

De acordo com o professor Edclei Munduruku, os salários de julho, agosto e setembro foram pagos no início de dezembro. Os meses de outubro e novembro deveriam ser regularizados até o dia 10, mas até o momento o dinheiro não está na conta dos servidores. O salário referente ao mês de dezembro e o 13º salário devem ser pagos até o dia 20 de dezembro, conforme informou o professor.

Segundo os indígenas, o prédio será desocupado assim que eles conseguirem um posicionamento da prefeita ou do secretário de educação a respeito da situação. O ato é pacifico é não está atrapalhando o trabalho dos servidores do prédio. Saiba mais sobre esta e sobre a primeira ocupação.

Fonte: Blog do Ronilson com informações do G1.

Deixe aqui seu COMENTÁRIO: