16 de dezembro de 2016

Ministro Gilmar Mendes / Foto reprodução do Estadão
Magistrados federais revelam irritação diante das críticas sucessivas do ministro do Supremo Tribunal Federal no âmbito da Lava Jato, 'violando as leis da magistratura e os deveres éticos impostos a todos os juízes do país'. 

A nota é subscrita pela Associação dos Juízes Federais de São Paulo e Mato Grosso do Sul (Ajufesp), que sugere. “Nada impede que o ministro Gilmar Mendes, preferindo a função de comentarista à de magistrado, renuncie à toga e vá exercer livremente sua liberdade de expressão, como cidadão, em qualquer dos veículos da imprensa, comentando, aí já sem as restrições que o cargo de juiz necessariamente lhe impõe, o acerto ou desacerto de toda e qualquer decisão judicial.” Leia mais em: https://goo.gl/FvbcU5

Fonte: Blog do Ronilson com informações do Estadão.

Deixe aqui seu COMENTÁRIO: