28 de janeiro de 2015

A presidente Dilma Rousseff disse na tarde desta terça-feira, 27, que os ajustes que estão sendo feitos são necessários para consolidar um projeto vitorioso nas urnas. Segundo a petista, a gestão será ao mesmo tempo de continuidade e de mudanças. Ela defendeu que a tarefa é continuar o projeto de desenvolvimento criado a partir de 2003. "Nós precisamos garantir a solidez dos nossos indicadores econômicos", afirmou Dilma, em sua primeira reunião de trabalho com sua nova equipe ministerial, na Granja do Torto.

A presidente disse que o País passa por dois choques. Um externo, advindo da crise de economias importantes no mundo, da redução do preço de commodities e da apreciação do dólar frente ao real. No plano interno, disse, ocorre um choque no preço dos alimentos.

Dilma afirmou que a seca pela qual atravessa o País também teve impacto nos preços de energia e no fornecimento de água para a região Sudeste. Mas destacou que o Brasil fez o seu papel diante desses choques, ao conseguir preservar o emprego e a renda do trabalhador.

Segundo a petista, o governo absorveu a maior parte das mudanças dos cenários nas contas fiscais. Ela disse que foi reduzido o resultado primário para proteger a economia brasileira. "Estamos diante da necessidade de reequilíbrio fiscal", destacou, ao frisar que tais medidas vão assegurar a queda da inflação e da taxa de juros no médio prazo (Fonte: Yahoo).

Continue lendo sobre isto em: https://br.noticias.yahoo.com/dilma-diz-ajustes-v%C3%A3o-ampliar-projeto-vitorioso-nas-193100761.html

Deixe aqui seu COMENTÁRIO: