8 de junho de 2013

Fonte da imagem: Reprodução/OuterSpace
Você já ouviu o termo “obsolescência programada”? Trata-se da denominação usada para tratar a data de validade de produtos que poderiam durar muito mais — ou você acha normal que, depois de um ano de compra, aquele seu celular comece a dar problemas? Se você já sentou para conversar com a sua avó a respeito de como eram as coisas no tempo dela, provavelmente já a ouviu falar que antigamente tudo durava mais: de casamento a geladeira.

Conheça a seguir a história de Benito Muros, que luta contra a produção de bens não duráveis. Ele criou uma lâmpada que deve durar mais de 100 anos. Já recebeu propostas para retirar o produto do mercado e como não aceitou está sendo ameaçado de morte.

Fonte: Megacurioso

Deixe aqui seu COMENTÁRIO: