12 de março de 2013

Imagem meramente ilustrativa. 
Uma pesquisa divulgada nesta segunda-feira (11) pelo Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos (Dieese/PA) mostra que, nos dois primeiros meses de 2013, o preço da farinha de mandioca sofreu uma alta acumulada de 23%. Segundo o Dieese, em alguns pontos de venda da Grande Belém, e também do interior do estado, o quilo da farinha é vendido a R$ 8, o maior preço já verificado na história das pesquisas feitas pelo Departamento.

De acordo com os dados do Dieese, fevereiro deste ano foi o 10º mês consecutivo de alta no preço da farinha. A sazonalidade, a quebra de safra e variações de comercialização são alguns fatores apontados pelo Dieese como responsáveis pelo aumento no preço do produto.

Além disso, segundo o Departamento, apesar da maior parte da produção de farinha de mandioca no Pará ser feita de forma artesanal e familiar, a comercialização é realizada por atravessadores, o que faz com que o consumidor final pague um valor ainda mais alto pelo produto.

Dados comparativos mostram que em fevereiro de 2012 o quilo da farinha de mandioca era vendido a R$ 2,97 na Região Metropolitana de Belém. Para o mesmo período deste ano, o valor constatado pelo Dieese foi de R$ 6,83.

O Dieese/PA afirmou ainda, que ainda não há indicação de queda no preço da farinha de mandioca para os próximos meses.

Fonte: G1 PA

Deixe aqui seu COMENTÁRIO: