5 de janeiro de 2013

A Justiça decretou a prisão preventiva da vereadora de Ponta Grossa, no Paraná, Ana Maria de Hollebem (PT), suspeita de forjar o próprio sequestro. Com essa decisão, ela deve continuar detida até o julgamento, caso a defesa não consiga um habeas-corpus. Como a vereadora tem foro privilegiado, ela foi transferida para o quartel do Corpo de Bombeiros da cidade, onde há cela especial. As informações são do ParanáTV da RPCTV.

Ana Maria de Hollebem está presa desde quarta-feira. O advogado dela, Pablo Milanese, protocolou um pedido de liberdade provisória, mas este foi negado. Ele deve recorrer. “Nós ainda não temos conhecimento do teor, mas vamos ter contato com a decisão e ver como agir”, afirmou Milanese. A vereadora ficou quase 24 horas internada antes de ser presa. Ela desapareceu depois da cerimônia de posse no dia 1° de janeiro e a Polícia Civil passou a investigar o suposto sequestro.

Leia mais em :
PR: Justiça decreta prisão de vereadora suspeita de forjar sequestro

Deixe aqui seu COMENTÁRIO: