7 de janeiro de 2013

Imagem meramente ilustrativa. Reprodução de EAT.
Veja o texto a seguir, publicado no Blog do Jeso e eu volto logo abaixo:
"A existência de uma oposição forte e consistente é um elemento muito importante em regimes democráticos, até como mecanismo de controle dos governantes. Na falta dessa oposição, o legislativo fica fragilizado em sua missão constitucional de fiscalizar os atos do Executivo.

"...Muitos políticos e “analistas” ignoram que o papel de um vereador e do poder legislativo não é ser “braço” político do prefeito."

"O papel do legislativo é fazer leis visando o bem comum e fiscalizar os atos do poder executivo. Cada vereador, seja da base aliada ou da oposição, tem que fiscalizar o prefeito. Caso contrário, estará usando seu mandato movido por interesse próprio, e não a serviço da coletividade."

O texto acima foi assinado por Cesar Bueno e publicado no Blog do Jeso, após o mesmo comentar na postagem Ano novo, velha política santarena. Apesar do texto se tratar política de Santarém, acho que as palavras de Cesar Bueno retratam perfeitamente a preocupação que temos com a política de Belterra.

Todo(a) prefeito(a) tenta fazer maioria na câmara, em nome da chamada "governabilidade". Até aí, não há nada anormal (ou melhor, não deveria ter). O problema é que muitas das vezes (ou melhor, 99% das vezes), para fazer a maioria na câmara o(a) prefeito(a) "presenteia" os partidos políticos com secretarias, cargos e etc... e os vereadores desses partidos ficam "amarrados" (pois seus partidos já os "venderam") sem poder fiscalizar o executivo e estes acabam sendo forçados à comer caladinhos no "prato do governo", para que seus partidos não percam os "presentinhos". 

Para falar a verdade, eu tenho medo de qualquer município que não tenha uma oposição forte. Quando todos comem caladinhos no mesmo prato e não existe fiscalização quem sofre é o povo. 

Portanto, espero que, apesar das coligações e negociações, o legislativo belterrense lembre-se da sua função e fiscalize o governo. Esperamos que cada vereador faça o seu trabalho com liberdade e responsabilidade e não trabalhar em benefício próprio visando cargos, secretarias e emprego para seus cabos eleitorais. A eleitor, também deve ficar de olho na atuação do vereador que ele elegeu. Vamos lá.. vamos ficar de olho bem abertos para ver a atuação do legislativo belterrense. 

Leia o texto de Cesar Bueno, na íntegra em: Câmara atrelada ao Executivo : Blog do Jeso

Deixe aqui seu COMENTÁRIO: