27 de janeiro de 2013

A presidenta Dilma Rousseff decretou luto oficial de três dias no País em memória às vítimas do incêndio na Boate Kiss, em Santa Maria, no Rio Grande do Sul.

Foram confirmadas até o momento 232 mortes. Durante a tarde, as bandeiras na Esplanada dos Ministérios e no Palácio da Alvorada, residência oficial da Presidência da República, estavam a meio mastro.

Dilma Rousseff chegou por volta das 18h30 , de helicóptero, à residência oficial. Ela esteve em Santa Maria, onde conversou com parentes das vítimas e feridos na tragédia.

A presidenta participava da reunião da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos com a União Europeia, no Chile, e cancelou a participação em três reuniões com autoridades da Argentina, Letônia e Bolívia por causa da tragédia e seguiu para a cidade gaúcha, que fica a cerca de 300 quilômetros da capital Porto Alegre.

Em rápida entrevista, ainda no Chile, a presidenta se emocionou ao comentar a tragédia .Em Santa Maria, Dilma estava acompanhada dos ministros da Educação, Aloizio Mercadante; dos Direitos Humanos, Maria do Rosário, e da Saúde, Alexandre Padilha, além do presidente da Câmara dos Deputados, Marco Maia (PT-RS).

No Rio Grande do Sul, o governador Tarso Genro decretou luto oficial de sete dias em memória das vítimas da tragédia. "É uma tragédia brutal que está acontecendo em Santa Maria, é brutal para o País e para o Estado.

Nós estamos empenhados desde a madrugada em dar todo apoio necessário para que tenhamos um levantamento rápido das provas e fazer um inquérito policial de alto nível, esclarecendo as causas que determinaram esta tragédia", disse Tarso.

A Universidade Federal de Santa Maria (UFSM) também decretou luto oficial e suspendeu aulas e outras atividades acadêmicas por três dias, até quarta-feira (30).O incêndio na Boate Kiss é considerado o segundo maior da história do país, ficando atrás do Gran Circus Norte-Americano, em Niterói, que pegou fogo em 17 de dezembro de 1961 e vitimou 500 pessoas. 

*Com Agência Brasil / Foto: AP

Dilma Rousseff decreta luto oficial de três dias devido a tragédia em boate - Rio Grande do Sul - iG

Deixe aqui seu COMENTÁRIO: