10 de outubro de 2012

Durante a campanha eleitoral todos os candidatos prometem melhorar a limpeza urbana, coleta de lixo e etc, no entanto, nas vésperas das eleições e no dia, a maioria deles mandam seus cabos-eleitorais sujarem as calçadas e ruas da cidade com santinhos. Em Belterra, flagrei um motoqueiro jogando santinho na rua, cabos-eleitorais e etc... em uma cidade qualquer deste país, um leitor do blog flagrou até um carro do SAMU lançando os santinhos nas ruas (pena que ele não consegui fotografar para enviar ao blog).

Na noite de sábado (06) um dia antes das eleições eu fui verificar como estava a frente da escola Waldemar Maués (um dos locais de votação de Belterra) e já encontrei a calçada da escola com vários santinhos de vários candidatos (foto 1). 
Foto 01 em 06/10/2012. 
No dia 07 - dia das eleições - retornei ao mesmo local e o cenário era bem pior (foto 02).
Foto 02: 07/10/2012
Pior que, (que eu saiba) não existe punição alguma para quem faz esse tipo de sujeira.

Foto reprodução
Mas, nem tudo estar perdido. Surgiu uma esperança no fim do túnel. Na cidade de Unaí, no noroeste de Minas Gerais, a Justiça Eleitoral condenou um candidato à vereador à varrer uma rua cheia de santinhos. 

Vanderlei Ribeiro Alves Pereira, do PHS, foi flagrado fazendo boca de urna. Levado ao fórum, o mesmo já saiu de lá com a vassoura na mão. Acompanhado por policiais militares, ele foi varrer santinhos. Clique aqui e veja o vídeo do candidato varrendo a rua. 

A justiça eleitoral de Minas Gerais já tomou a primeira iniciativa, agora só falta isto se espalhar pelo Brasil. A regra poderia ser simples: Se jogar santinho na rua, será condenado a varrer toda a sujeira que fez. Simples, não?
Leia também: Morre idosa que escorregou em "santinhos" jogados nos chão

Deixe aqui seu COMENTÁRIO: