15 de outubro de 2012

WhatsApp (Divulgação)
No começo de agosto, o WhatsApp saiu do ar por três horas em São Paulo para que os usuários das áreas atendidas pelo DDD 11 pudessem ter o 9 acrescentado ao número de telefone. O ocorrido gerou uma repercussão grandiosa nas redes sociais, revelando que muitas pessoas já dependem bastante desse tipo de aplicativo, esquecendo-se de que uma das funções básicas dos telefones celulares é troca de mensagens SMS.

O surgimento de WhatsApp, BBM, iMessage, ChatOn, entre outros, causou problemas para operadoras de telefonia no mundo inteiro, e agora uma empresa de análises fez uma estimativa de quão grande deve ser o prejuízo. Somente em 2012, elas deixarão de ganhar 17,7 bilhões de euros, equievalente a R$ 45,6 bilhões, de acordo com dados da Ovum divulgados pelo Ubergizmo.

Apps como esses têm conquistado cada vez mais os donos de smartphones por serem mais completos e baratos que um simples SMS. Além de mensagens, trocam áudio, imagens, vídeos e localização.

Como a cobrança é feita de acordo com a transmissão de dados e não por unidade, o valor de um SMS pode, às vezes, equivaler a várias mensagens via aplicativo. Isso sem contar que o usuário pode se conectar a uma rede Wi-Fi e não pagar nada. (Fonte: Olhar Digital

Deixe aqui seu COMENTÁRIO: