3 de setembro de 2012

Imagem meramente ilustrativa /
Estes números fazem parte do RUF (Ranking Universitário Folha) que é uma listagem inédita das universidades brasileiras, de acordo com a sua qualidade. Para chegar ao ranking, a Folha criou uma metodologia própria (tendo como referências avaliações internacionais consolidadas), que mescla indicadores de pesquisa e de inovação e a opinião do mercado de trabalho e de pesquisadores renomados.

O ranking geral conta com 191 universidades distribuídas em 188 posições porque houve alguns empates.

Segundo este ranking as cinco melhores do Brasil são:
Ranking 2012
Nome da universidade
Nota total
98,78
91,76
91
88,73
86,28

A Universidade Federal do Oeste do Pará (Ufopa) aparece no ranking 180, com 4,36 como nota total.

Um fato curioso, é que entre as 30 melhores apenas 3 são particulares. Veja a seguir a postagem publicada na Folha.uol:
Maioria dos brasileiros tem que pagar por qualidade inferior

Mais da metade de quem se forma em universidades no país (64%) tem de pagar pelos estudos. Mas entre as 30 melhores universidades do país avaliadas, considerando pesquisa científica, inovação, ensino e avaliação do mercado, apenas 3 são particulares.

O problema, para o cientista político Simon Schwartzman, é que a maioria das particulares investe pouco no corpo docente e na infraestrutura.
Nas universidades pagas, só 23% dos docentes têm doutorado. O número sobe para 55% nas públicas.

"Com raras exceções, as instituições de ensino superior privadas pagam pouco e investem pouco", diz.

Mas é delas que sai boa parte da massa formada no Brasil para o mercado.
A PUC-Rio, melhor universidade privada do país, oferece 8 dos 10 cursos que mais formam no Brasil --incluindo os três primeiros: administração, direito e pedagogia.

O Sudeste é a única região com mais universidade privada (52) do que pública (28).

Isso acontece, diz Ana Célia Bahia, reitora da Unama (Universidade da Amazônia), porque é difícil atender os critérios do MEC para o status de universidade --como ter programas de doutorado.

A Unama tem um programa de doutorado, em educação, e precisa de outro até 2016 para manter o status. "Não há previsão de um novo programa." (SABINE RIGHETTI).

Leia mais em:  O ranking geral de universidades

Deixe aqui seu COMENTÁRIO: