21 de setembro de 2012

Do Portal Notapajós
Tentativa de fraude foi o principal motivo
Reprodução
Pará - O procurador geral do Estado e a secretária de Administração, Alice Viana, anunciaram, em entrevista coletiva realizada no final da tarde desta sexta-feira, 21, em Belém, a anulação do concurso da Polícia Civil, realizado no último domingo em todo o Estado.
O motivo que levou o governo a tomar essa atitude foi a suspeita de que a prova do concurso tenha sofrido uma tentativa de fraude.

A suspeita surgiu quando foi detectado que alguns cadernos de provas haviam sido violados. No dia da aplicação da prova, sete pessoas foram presas em flagrante por tentativa de fraude. 

O concurso ofertava 720 vagas para os cargos de delegado, escrivão e investigador. Mais de 26 mil pessoas se inscreveram.

Deixe aqui seu COMENTÁRIO: