12 de julho de 2012

TRE julgou quatros pontos apresentados pelo DEM, na campanha eleitoral de 2008.

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) do Pará cassou os direitos políticos da prefeita de Santarém, Maria do Carmo e do vice-prefeito, José Antônio Rocha por compra de voto nas eleições de 2008. Os dois permanecem no cargo até o dia 31 de dezembro, enquanto o processo não transitar em julgado, mas estão inelegíveis por oito anos. 
julgamento dos quatros pontos, doação de lotes, compra de votos políticos, campanha fora do prazo, demissão de servidores apresentados pela coligação adversária, liderada pelo DEM, na campanha eleitoral de 2008, quando ela foi reeleita foi realizado nesta manhã (12) em Belém.

As acusações de doação irregular de cestas básicas e demissão de servidor temporário foram rejeitadas, por unanimidade pelo TRE.

A prefeita está em Belém, acompanhou o julgamento e deve retornar amanhã (13) e conceder uma coletiva a imprensa.

Deixe aqui seu COMENTÁRIO: