1 de fevereiro de 2012

Operação #OpWeeksPayment, do Anonymous, vai derrubar um site por dia até sexta-feira / Foto: Reprodução
Hackers ligados ao grupo Anonymous seguem com a semana de ataques a sites de bancos e tiraram do ar a página do Banco do Brasil nesta quarta-feira, por volta das 10h. Este é o terceiro ataque da operação #OpWeeksPayment, que na segunda-feira derrubou o site do Itaú e na terça, o do Bradesco.

Segundo informações dos grupos @AntiSecBrTeam e @iPirateGroup, que coordenam a ação, será atacado um banco por dia até sexta-feira, com indisponibilidade prevista de 12 horas. Esta semana foi escolhida por ser o período de pagamento das principais empresas, com grande volume de transações pela internet. O objetivo, de acordo com os hackers, é chamar a atenção das pessoas para o Anonymous e o objetivo do movimento.

Consultado, o Banco do Brasil afirmou, em nota, que "registrou picos no volume de acessos" durante a manhã, o que teria causado "lentidão no sistema em algumas regiões do País". "O site, no entanto, permaneceu disponível durante todo o período", continua o comunicado. A equipe do Terra tentou acessar a página do BB durante a manhã e no início da tarde e constatou inconstância no acesso. O texto do Banco informa, ainda, que o ataque "não compromete, de forma alguma, a segurança dos dados de seus clientes". "O Banco do Brasil também rechaça qualquer especulação sobre ameaça à segurança dos servidores e sistemas operacionais", conclui a nota.

Febraban
Em nota, a Federação Brasileira de Bancos (Febraban) afirmou que "os ataques a sites dos bancos, se bem sucedidos, atingiriam e prejudicariam a população que utiliza os serviços eletrônicos para obter informações e realizar transações bancárias". O texto também menciona "mecanismos e contingências" das instituições financeiras para impedir os ataques. O comunicado conclui afirmando que a federação "vem postulando com empenho a aprovação de lei especifica que criminalize ataques e fraudes eletrônicas".

Controverso
No Facebook, a página Plano Anonymous Brasil - também atribuída ao grupo hacker - nega que os ataques desta semana tenham relação com o coletivo de ciberativistas. "Anonymous não tem como alvo a sociedade, os prejudicados por esta ação são única e exclusivamente os cidadãos", diz a mensagem publicada por volta das 14h30 desta terça-feira. Segundo o texto, a operação seria obra dos hackers do "@AntisecBrTeam, @iPiratesGroup e a @Lulzsecbrazil, grupos estes, que se declararam contra o Anonymous abertamente, e estão executando essa ação como tentativa de desmoralizar o coletivo". A nota termina pedindo para que as pessoas que não concordam com o ataque compartilhem o post. Fonte: Terra

Leia também:
Site do banco Itaú é atacado por hackers e fica fora do ar
[ HACKER ] Anonymous atacaram o site do Bradesco
Click aqui e envie sua DENÚNCIA ou SUGESTÃO DE POSTAGEM

Deixe aqui seu COMENTÁRIO: