22 de fevereiro de 2012

Secretário de Administração
Edicley Dias
O secretário de Administração Edicley Dias (foto) ao ser questionado pelo blog Amazônia News sobre as demissões que aconteceram em Belterra no final do ano de 2011, "foi categórico em afirmar que, o governo não o fez por querer e sim, por força da não aprovação da Lei Orçamentária Anual – LOA pelos vereadores e da Lei de Responsabilidade Fiscal." 

Segundo o Amazônia News, "o governo municipal espera com ansiedade o desenrolar dos últimos fatos ocorridos no Poder Legislativo Municipal, tanto quanto a finalização dos mesmos pela Justiça."

FIM DA DESCULPA: A LOA 2012 AGORA ESTÁ APROVADA
Prefeito Geraldo Pastana
Foto encontrada na web
Agora a LOA 2012 não pode ser mais desculpa. É que a justiça considerou válida as sessões realizadas no dias 27, 28 e 29 de dezembro de 2012. Em umas dessas sessões a LOA 2012 foi aprovada por 8 dos 9 vereadores. Segundo informações que chegou a redação do Blog do Ronilson, a LOA 2012 já foi entregue pelos vereadores ao prefeito Geraldo Pastana. Então como eu confio nas palavras do secretário e do prefeito de Belterra vou ficar de olho, pois, na certa o Prefeito Geraldo Pastana voltará a contratar os demitidos, não é? 

ENTENDA O CASO:
No final do ano passado todos os funcionários contratados da Prefeitura de Belterra receberam uma cartinha de demissão. Apesar da prefeitura dizer que foi algo normal e que acontecia todo ano, nenhum funcionário antigo da prefeitura se recorda de algum outro fato parecido com este. Chegou-se a cogitar que era perseguição política ou uma forma de manter trabalhando apenas aqueles que realmente fossem apoiar o governo neste ano eleitoral. Porém, tanto o prefeito, como os assessores e secretários refutaram estas cogitações e disseram que as demissões aconteceram por culpa da LOA 2012 que até então não havia sido aprovada. Ou melhor, já havia sido aprovada pelos vereadores de oposição, mas o governo não reconhecia a aprovação e o caso foi levado a justiça. O prefeito chegou até mesmo a dar entrevista à rádios para explicar que a culpa era da LOA. Por fim, a justiça entendeu que a sessão realizada pelos vereadores de  oposição, na qual foi aprovada a LOA, foi válida.

Portanto, se o problema era a LOA prefeito, você já pode contratar todos os pais de família demitidos no final do ano passado. Vou esperar pra ver. 
Com informações do Amazônia News
CLIQUE AQUI e envie sua sugestão de postagem ou denúncia

Deixe aqui seu COMENTÁRIO: