9 de fevereiro de 2012

Uma equipe de policiais civis comandada pelos Delegados Luiz Augusto Carneiro da Paixão, Germano Geraldo Carneiro do Vale e Silvio Birro Duarty Neto, do NAI (Núcleo de Apoio à Investigação), com o apoio do GTO (Grupo Tático Operacional) da Polícia Militar, prenderam quatro pessoas acusadas de envolvimento no linchamento e morte do preso João Augusto Farias Viana, vulgo 'Mungu' ou 'Munguzinho', fato ocorrido na manhã do dia 22 de janeiro do corrente ano, na Vila de Curuai, região do lago grande, município de Santarém/PA.

'Mungu' ou 'Munguzinho' era acusado de ter ceifado, com uma facada, a vida do cidadão Rosivan Silva de Sousa, conhecido por 'Soldado', crime ocorrido na Comunidade Cruzador, no Lago Grande, no dia anterior ao linchamento.

Foram presos e já se encontram, neste momento, sendo transferidos de Vila Curuai para a cidade de Santarém, os cidadãos: Nilson Farias Cerdeira, o 'Professor Nilson', 33 anos; Domingos Régis de Sousa, o 'Dominguinhos', 28 anos; José Régis de Sousa, o 'Zé Bucho', 33 anos; e Miguel Régis de Sousa, o 'Tica Bode', 36 anos. Eles foram presos em cumprimento a Mandados de Prisão expedidos pelo Juiz de Direito Gerson Marra Gomes, da Comarca de Santarém.

O transporte dos presos está sendo feito pelo barco da Polícia Civil.

Os quatro presos são acusados, segundo a polícia, de liderarem e participarem diretamente do linchamento de João Augusto, que já estava preso, sob a custódia da Polícia Militar, mas que foi retirado de dentro do Posto Médico daquela vila e linchado até a morte. 
Postagem publicada originalmente no Blog do Itamar

Click aqui e envie sua DENÚNCIA ou SUGESTÃO DE POSTAGEM

Deixe aqui seu COMENTÁRIO: