15 de fevereiro de 2012

Se em 2011, as 8 chamadas da Universidade Federal do Oeste do Pará foram motivo de críticas e desconforto para a administração do eternamente nomeado reitor Seixas Lourenço, em 2012 a situação não está sendo diferente.
Para tentar minimizar a fuga de estudantes que passam para Universidade mas sequer aparecem para se matricular, a administração superior da Ufopa adotou uma estratégia de chamar mais classificáveis do que o número de vagas.
Click no link a seguir e leia esta postagem na íntegra: Língua Ferina: Com 5a chamada, 2 em cada 3 estudantes rejeitam a...:
Click aqui e envie sua DENÚNCIA ou SUGESTÃO DE POSTAGEM

Deixe aqui seu COMENTÁRIO: