12 de janeiro de 2012


Imagem encontrada na web
A venda de bebidas alcoólicas está proibida em duas áreas do município de Parauapebas, no sul do Pará. Segundo a delegacia local, a medida já deu bom resultado. Desde a sexta-feira passada não se pode vender bebida em dois pontos: a rua Fortaleza (Rua do Meio), no bairro do Rio Verde; e o Costa para Rua, uma espécie de largo público, ocupado por cerca de 50 bares e restaurantes, no bairro Cidade Nova. A restrição foi oficializada por meio de uma portaria do delegado diretor da Seccional de Parauapebas, Antônio Miranda Neto. Segundo ele, quase todo fim de semana havia brigas e mortes motivadas por pessoas embriagadas.

"Isso ocorreu por muito tempo, era notório. Os locais se tornaram propícios para a violência. A Rua do Meio já foi uma boca-de-fumo. Erradicado o tráfico de drogas na área, permaneceram os bares e a tendência de reunião de pessoas violentas", diz Antônio Miranda. A cerveja funcionaria como a fagulha em um barril de pólvora.

De acordo com a polícia, por ser como uma praça, o Costa para Rua atrai diversos tipos de pessoas, inclusive viciados em drogas e gente de má índole. O delegado cogitou retirar todos os restaurantes do local, mas a resistência dos vendedores o fez recuar. Hoje, está em construção uma outra área, próximo à seccional, para receber os estabelecimentos. Até a última sexta-feira, a venda de cerveja era permitida só até a meia-noite.

Como não adiantou, Antônio Miranda partiu para a medida extrema e comemora o resultado. "Eu sei que não resolve (o problema da violência), mas ameniza, porque era um aglomerado de viciados, com homicídios e confusões toda a semana", finaliza.
Fonte: Terra

Deixe aqui seu COMENTÁRIO: