29 de dezembro de 2011

Daniel Barbalho, de 9 anos, disparou caretas para todos os lados depois de participar da posse do pai, o senador Jader Barbalho. Barrado pela Lei da Ficha Limpa por ter renunciado a um mandato de senador em 2001 para escapar de um processo de cassação, o parlamentar só conseguiu garantir o cargo depois que o Supremo Tribunal Federal permitiu que ele assumisse a vaga.

Como conseguiu tomar posse antes do fim do ano, Jader tem direito a uma ajuda de custo de R$ 26 mil por este ano. O parlamentar decidiu levar a família à sessão extraordinária do Senado. O filho Daniel foi o centro das atenções durante a entrevista coletiva.

Fonte: Radar Político do Estadão

Comentário deste blogueiro - Blog do Ronilson
Primeiro: Para quem mesmo este menino estava mostrando esta língua? Era para a imprensa? Ou será se isto era um deboche com a cara dos defensores da ficha limpa? Sei lá... então vou para o segundo comentário;

Segundo: Caros leitores, hoje os tempos estão modernos, é Lei da Palmada, estatuto da Criança e do Adolescente e etc... No meu tempo, eu não faria nunca uma "presepada" desta. Minha mãe dava só uma olhada, aquele olhar que todos os filhos de antigamente conhecem. Quando eu via aquele olhar, já tinha certeza, que seria "corrigido" na certa. Ao chegar em caso amigo, tínhamos uma conversa séria de "pé de orelha", e no mínimo eu passava uns 60 minutos de joelhos, e como nasci e me criei em um lar cristão, ainda tinha outra regra, só levantava quando fazia uma oração para Deus e minha mãe ouvir. Foi ruim isto? Não, jamais. Sou grato à Deus, pela minha mãe ter me ensinado como se portar no meio do povo. Valeu mamãe.

Deixe aqui seu COMENTÁRIO: