2 de novembro de 2011

Por pouco não acaba em pizza a CPI da saúde. Os vereadores Mico (PMDB), Laura (PMDB) e Nilda (PSD), não concluíram em tempo hábil os trabalhos da Comissão que investiga denúncias na secretária de saúde de Belterra, bem como desvio de conduta da parlamentar que está licenciada e comanda a pasta, vereadora Elizelma Macedo do PT. Os membros da comissão pediram prorrogação de 30 dias para concluir os trabalhos. De cara o presidente vereador Ademar foi contra, Dr. Macedo e Malú, ambos do DEM se abstiveram do voto. Reginaldo Lobo(PP) e Nilda (PSD) votaram a favor e o vereador Ulisses Medeiros, líder do PMDB, orientado pelo presidente do seu partido o ex prefeito Oti Santos, pediu voto de bancada, neutralizando os votos dos vereadores Mico e Betão que possivelmente votariam com o governo. O PMDB tem quatro vereadores e dessa forma a oposição atropelou os governistas.

Nervoso o presidente vereador Ademar, chegou a colocar em votação o projeto do governo, que criava 20 assessorias para o prefeito Geraldo Pastana, mas uma vez o voto de bancada foi primordial e os vereadores governistas Ademar, Macedo e Malú, que votaram a favor de mais assessores, foram massacrados pelo bloco de posição que disseram não ao projeto do governo em onerar a máquina pública.


Fonte: Portal Belterra

Deixe aqui seu COMENTÁRIO: