18 de outubro de 2011

Nota de esclarecimento sobre o vídeo ‘João Paraense’

O vídeo teria sido gravado por um morador de Manaus, que fez uma paródia de uma música da banda Calypso.



Amazonas - A empresa em que trabalha o jovem que postou um vídeo no youtube, intitulado ‘João Paraense’ enviou nesta terça-feira (18), uma nota de esclarecimento sobre a manifestação do funcionário.


O vídeo já alcançou mais de 92 mil exibições no site de compartilhamento. O vídeo teria sido gravado por um morador de Manaus, que fez uma paródia de uma música da banda Calypso para contar a história de um paraense que saiu de seu Estado para virar ladrão na capital amazonense.


Na paródia, o autor ofende os paraenses de diversas maneiras, acirrando ainda mais a rivalidade entre paraenses e amazonenses. As imagens mostram um rapaz vestido com o uniforme de uma revenda de motocicletas, em pleno expediente de trabalho, cantando uma paródia da música “Dançando Calypso”. Com a canção e a voz de Joelma ao fundo, ele dá a sua versão: “Passa pra cá meu bem a bolsa e o celular, / Que eu fui criança do estado do Pará… / Eu tava liso e sem cachaça pra tomar, / E minha família me “trouxeram” para cá.”



>>>Assista aqui o vídeo


Confira a nota da empresa na íntegra:


Com relação ao post publicado no seu blog no dia 03/10, a Honda esclarece que: 


1) A filosofia Honda está baseada no respeito ao indivíduo, que estabelece a iniciativa, igualdade e confiança entre os que se relacionam com a empresa.


2) O código de conduta da Honda, de conhecimento de todos os colaboradores, reforça o respeito à individualidade e diferenças entre as pessoas de todo o mundo, sendo que qualquer atitude discriminatória é repudiada pela empresa. 


3) O vídeo em questão é uma manifestação individual e não condiz, em nenhum momento, com a opinião da Honda, que respeita e admira profundamente o povo brasileiro, de todas as origens, com quem vem construindo uma história de 40 anos. 


4),Portanto, assim que a empresa tomou conhecimento do material postado, os colaboradores envolvidos foram notificados quanto às infrações ao código de conduta e as devidas providências foram tomadas.


Moto Honda da Amazônia


Via Notapajós

Deixe aqui seu COMENTÁRIO: