26 de setembro de 2011

Imagem Simbólica: Se a categoria se unir, é capaz de
vencer o maiores desafios.
A aprovação de saída unificada da Greve não representa o fim da Luta, que terá sua continuidade com a definição explícita de um Plano de Luta Emergencial das demandas setoriais, para o próximo período, articulada com as lutas gerais do conjunto do funcionalismo.


O processo de mobilização deve ter continuidade, cabendo a cada entidade de base dar cumprimento às indicações e orientações da FASUBRA, no tocante às demandas que ficarão a cargo da ação direta das filiadas.


A DN FASUBRA envidará todos os esforços na construção de Agenda de Negociação, com prazos definidos de início e fim, com os Ministérios da Educação e do Planejamento, com o acompanhamento de parlamentares e reitores, para dar consequência ao Eixo emergencial que motivou a Greve Nacional da categoria. O Balanço da Greve será realizado em Plenária Nacional, que será convocada para este fim.


Após levantamento do resultado das Assembléias gerais realizadas nas entidades de base, nos dias 21 e 22 de setembro, foi identificado que do total de 49 instituições que estavam em Greve, 37 acataram a indicação do CNG da FASUBRA de saída unificada da Greve a partir do dia 26 de setembro; 08 instituições definiram a permanência na Greve; e 05 instituições já estavam fora da Greve.


Diante desse quadro, o CNG reconhece que a maioria das entidades acatou a orientação desse Comando e, a partir desta constatação, apresenta o seguinte Plano de Ação, que deverá ser encaminhado pela Direção Nacional da FASUBRA.


Click aqui, e faça o download do Informativo de Greve, que traz, entre outras coisas, o Plano de Lutas – Setembro de 2011 à Fevereiro de 2012

Deixe aqui seu COMENTÁRIO: