25 de setembro de 2011

Eu encontrei a seguinte matéria no G1 e resolvi compartilhar com vocês. Veja:



Crise aumenta número de puxa-sacos, dizem especialistas – você é um deles?

Competitividade faz até bons funcionários apelarem para a bajulação.
Mas o 'puxa-saquismo' é ruim para a empresa e para o empregado.


Todo mundo conhece um puxa-saco. É possível encontrar um exemplar dessa espécie odiada em todos os hábitats, de empresas a escolas. Onde há alguém em posição de autoridade, lá está o bajulador. E os especialistas em etiqueta corporativa garantem: a crise econômica é uma verdadeira “época de reprodução” de puxa-sacos.

Alimentados por ânimos acirrados e competitividade excessiva, eles parecem brotar mesmo em funcionários que antes jamais teriam tal comportamento. Por isso, o G1 conversou com consultores para saber como lidar com essas pessoas e checar se você foi contaminado. Será que, sem querer, você virou um puxa-saco?

Deixe aqui seu COMENTÁRIO: