20 de setembro de 2011

O Facebook esconde um perigo que nem todos já perceberam. Adicionamos muitas pessoas, amigos, vizinhos, patrão e etc... e esquecemos que nem sempre as informações podem ser compartilhadas com todos eles. É por isso que é importante criar grupos e definir, na hora de publicar no status, quem pode ver o que você está publicando.

Veja a imagem abaixo e eu volto a seguir:



EXPLICANDO A IMAGEM ACIMA:


"Três alunos estão na sala de aula, todos usando celulares, e resolvem atualizar o Facebook.

A "Aluna 1" dar Bom dia, e logo em seguida, mais dois colegas de sala de aula(o Aluno 2 e o 3)comentam o status dela e também dão bom dia. O que eles talvez não perceberam é que a professora (Que eles inocentemente adicionaram), apesar de não estar na sala de aula naquele momento, também estava on-line. A professora então, resolve comentar o status da "Aluna 1" e diz: "Eu vou ai já já tomar este teu celular". O português foi meio confuso, mas deu para aluna entender o tom ameaçador do comentário. Depois a professora fala ao Aluno 3: "Eu to vendo 'fulano'"...

O fato acima, foi real e eu vi no Facebook. Os nomes dos alunos e da professora foram preservados por questões de privacidade.

Mas, acho que deu para ilustrar o perigo que enfrentamos no Facebook ao ser amigo de muitas pessoas...

Um fato curioso, é que nesta escola (Escola Waldemar Maués, situada em Belterra - Pará), os professores podem usar celular e os alunos não podem.
ATUALIZAÇÃO 22/09/2011

Bem gente, após eu receber três comentários(de um ignorante) sobre este post, nos quais fui chamado de LESO, e fui acusado de defender a MULECADA (da escola Waldemar Maués) eu resolvi fazer esta atualização deste post.

PRIMEIRO, gostaria de expor, que posso até parecer, mas não sou LESO, conforme fui chamado. Basta ver minha conduta, aqui e no Facebook. Meu objetivo é informar, é debater os assuntos que são de relevância para meus assíduos leitores. Diferente de alguns que usam o Facebook, para ficar com discussões bobas (Quem lê esta parte, que entenda).

SEGUNDO, eu não sei, se é conveniente chamar os nobres alunos da escola Waldemar Maués de MULECADA. Acho interessante, que ao defendermos nossas ideias, mantenhamos o respeito pelas pessoas.

TERÇEIRO, eu estudei na Escola Waldemar Maués, e conheço muitos alunos que lá ainda estudam, e acho que conheço bem esta escola, mas do que muitos que pensam ser os donos do conhecimento.

No primeiro comentário o anônimo (que eu acredito não ser anônimo, pois está claro quem é) mencionou a lei, 7.269/2009. Antes de tudo, vejam a lei a seguir e eu volto logo abaixo para comentar algumas coisas.

Mergulhando na lei 7.269/2009:

GABINETE DA GOVERNADORA
LEI 7.269, DE 6 MAIO DE 2009
Dispõe sobre a proibição do uso de telefone celular, MP3, MP4, PALM e aparelhos eletrônicos congêneres , nas salas de aula das escolas estaduais do Estado do Pará.
A ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO ESTADO DO PARÁ estatui e eu sanciono a seguinte Lei:
Art. 1º – Fica proibido o uso de telefone celular, MP3, MP4, PALM e aparelhos eletrônicos congêneres, nas salas de aula das escolas estaduais do Estado do Pará.
Parágrafo único – Quando a aula for aplicada fora da sala específica, aplica-se o princípio desta Lei.
Art. 2º – Fica compreendida como sala de aula todas as instituições de ensino, fundamental e médio do Estado do Pará.
Art.3º - Deverá ser fixado em local de acesso e nas dependências da instituição educacional, nas salas de aula e nos locais onde ocorrem aulas, placas indicando a proibição.
Art. 4º – Em caso de menor idade os pais deverão ser comunicados pela direção do estabelecimento de ensino.
Art. 5º – O Poder Executivo regulamentará essa Lei no prazo de noventa dias contados da data de sua publicação.
Art. 6º – Esta Lei entra em vigor na data de sua publicação.

PALÁCIO DO GOVERNO, 6 DE MAIO DE 2009
ANA JÚLIA DE VASCONCELOS CAREPA
Governadora do Estado

Diário Oficial nº 31414 de 08/05/2009


ANALISANDO A LEI:
A - O artigo 1º proíbe o uso, não apenas para alunos, pois aqui não está especificado. Logo, todos devem cumprir esta lei. Nada de professores atendendo celular dentro de sala de aula. "Lei é lei", e deve ser cumprida. Essa história de dizer que o professor pode, e mandar os alunos cuidarem da vida deles é pura IGNORÂNCIA. Vejam o que diz o art. 1º:
Art. 1º – Fica proibido o uso de telefone celular, MP3, MP4, PALM e aparelhos eletrônicos congêneres, nas salas de aula das escolas estaduais do Estado do Pará.
Parágrafo único – Quando a aula for aplicada fora da sala específica, aplica-se o princípio desta Lei.

B - O artigo 2º tem um entendimento um pouco difícil. Se for cumprir a lei "ao pé da letra", é proibido usar celular em toda a escola e não apenas nas salas de aulas. Outra interpretação (Esta me parece mais convincente), que foi deixada nos comentários pelo "Dr. Cortez" é que este artigo é uma descrição que vale para o ensino fundamental menor, ensino fundamental maior e ensino médio.¹
Art. 2º – Fica compreendida como sala de aula todas as instituições de ensino, fundamental e médio do Estado do Pará.

C - O artigo 3º deixa claro que tem haver PLACAS INDICANDO A PROIBIÇÃO. Entendeu? Pla-cas de si-na-li-za-ção( Soletrando fica mais fácil para fixar o conhecimento). No entanto, quando eu fiz esta postagem, na escola Waldemar Maués, ainda não tinha placa nenhuma. Agora que estão divulgando esta lei por lá, depois que o BLOG DO RONILSON fez esta postagem. Vejam o art. 3º na íntegra:
Art.3º - Deverá ser fixado em local de acesso e nas dependências da instituição educacional, nas salas de aula e nos locais onde ocorrem aulas, placas indicando a proibição.

Portanto, gostaria de deixar bem claro, que quando eu escrevi: "Um fato curioso, é que nesta escola(Escola Waldemar Maués, situada em Belterra), os professores podem usar celular e os alunos não podem." eu não estava apoiando o descumprimento da lei, e sim o total cumprimento. Aquela história de "façam o que eu mando, mas, não façam o que eu faço" ficou para trás à muito tempo. Hoje, vivemos em outra época. Todos tem direito e deveres. Tanto o professor, quanto o aluno e até o diretor, devem cumprir a lei. Aliás, devo dizer, que os professores devem ser o exemplo em tudo.

Há, quem assina o post é eu mesmo, Ronilson dos Santos, não preciso assinar como ANÔNIMO.
Se você desejar fazer o download desta lei em PDF click aqui.
Click aqui, se quiser ver esta notícia publicada no Diário oficial.

¹ Interpretação do arti. 2º atualizada em 25/09/11 após comentário do Dr. Cortez
 
ATUALIZAÇÃO em 22/08/2012
Faço questão de ressaltar que a leia acima é direcionada à escolas estaduais do Pará. Para outros estados e outras escolas você deve verificar se há uma legislação específica ou alguma norma da escola sobre o assunto. O certo é que o bom senso ainda é a melhor coisa. Em algumas universidades por exemplo, é permitido o uso do celular para que o acadêmico faça pesquisa na internet e etc... Caso seja permitido, acho que o ideal é este uso não incomode o colega ao lado ( tipo ao falar ao telefone, em pleno andamento da aula).

Deixe aqui seu COMENTÁRIO: