27 de setembro de 2011


Parece-me que o funcionalismo público não "anda" muito contente com o governo da Dilma.  Mas uma categoria entra em greve. Dessa vez, foram os bancários que entraram na luta. O BLOG DO RONILSON se solidariza aos bancários e reconhece as justezas das suas reivindicações.

Bancários iniciam greve por proposta decente
Paralisação por tempo indeterminado foi definida em assembleias da categoria em todo o país

São Paulo – Desde as primeiras horas da manhã desta terça-feira 27 os funcionários de bancos públicos e privados estão paralisando as atividades na luta por uma proposta da federação dos bancos (Fenaban) que contenha aumento real nos salários maior, melhora da PLR e dos pisos e por condições dignas de trabalho.

A greve por tempo indeterminado foi decidida, por unanimidade, em assembleia na segunda 26 que reuniu mais de 1.200 trabalhadores de São Paulo, Osasco e região.

> Bancários entram em greve

“O início do movimento está com boa adesão de trabalhadores dos bancos públicos e privados. É importante que os bancários ajudem a fortalecer a paralisação em todos os locais de trabalho, em agências e departamentos e denunciem ao Sindicato caso ocorram ameaças ou pressão”, orienta a presidenta do Sindicato, Juvandia Moreira.

De acordo com a Contraf-CUT, além de São Paulo, Osasco e região,  a greve por tempo indeterminado também foi aprovada em assembleias da categoria no Rio de Janeiro, Brasília, Belo Horizonte, Porto Alegre, Curitiba, Bahia, Alagoas, Ceará, Paraíba, Mato Grosso, Espírito Santo, Piauí, Pernambuco, Campo Grande, Campinas,
Juiz de Fora, Piracicaba, Teresópolis (RJ), Itabuna (BA), Sul Fluminense (RJ), Jequié (BA), Ipatinga, Dourados (MT), São Leopoldo (RS), Guarapuava (PR), Vitória da Conquista (BA), Itaperuna (RJ), Guarapuava (PR), Campos dos Goytacazes (RJ), Cataguases (MG), Uberaba, Feira de Santana (BA), Cariri (CE), Irecê (BA), Andradina (SP), Araçatuba (SP), Campo Grande (MS), Corumbá (MS), Franca (SP), Guaratinguetá (SP), Jaú (SP), Lins (SP), Marília (SP), Naviraí (MS), Piracicaba (SP), Ponta Porã (MS), Pres. Venceslau (SP), Ribeirão Preto (SP), Rio Claro (SP), Santos (SP), São Carlos (SP), S.J.do Rio Preto (SP), S.J. dos Campos (SP), Sorocaba (SP), Três Lagoas (MS), Tupã (SP), Votuporanga (SP).

Redação - 27/09/2011



Fonte: Sindicato dos Bancários

Deixe aqui seu COMENTÁRIO: