25 de agosto de 2011

Batizado de Hamza em homenagem a um dos pesquisadores que participaram do estudo, rio corre a 4 mil metros de profundidade em meio a sedimentos; descoberta foi possível graças a dados de 241 poços perfurados pela Petrobrás nas décadas de 1970 e 1980.
>>Click aqui e leia esta notícia na íntegra...

Deixe aqui seu COMENTÁRIO: