20 de agosto de 2011

     O celular está se popularizando no últimos tempos embalado pelas redes sociais? Não sei. 
     Tudo que eu sei, é que, antes poucos tinham celulares, principalmente na minha cidade natal, Belterra, que não tinha sequer cobertura  de nenhuma operadora de telefonia móvel. 
    Hoje o celular, tornou-se algo indispensável. E parece-me que a tendência, é que a cada dia, os usuários procurem celulares com mais recursos, como GPS, câmera com uma boa resolução e etc... pelo menos comigo foi assim. Em pouco mais de três anos, eu usei 5 celulares. Não sei se eu segui a tendência de todo mundo, ou se apenas eu, tenho interesse por celulares a cada diz mais avançados.


Meu PRIMEIRO celular - Ano de 2007 
         Lembro-me que no segundo semestre do ano de 2007 eu comecei a usar meu primeiro celular. Ou melhor, nem meu era. 
       Eu estava em Manaus, na casa de um tio, e como eu tinha que sair, eu precisa ter algum meio de me comunicar com eles, caso eu viesse a me perder. Risos. Então, eles me arrumaram um celular Nokia, antigo, que há muito tempo estava parado por lá. 
     Eu não lembro bem o modelo, mas era muito parecido com este da imagem ao lado. Usava tecnologia CDMA, não tinha câmera, era um tijolão. Ele fazia ligações e nada mais. Para eles aquele já estava ultrapassado. Cada um deles já tinham um melhor. Enquanto eu, por morar em Belterra, e como naquela época não tinha antena de nenhuma operadora na minha cidade, eu não tinha nem um velhinho daquele. 
     Pois bem, eles me emprestaram e eu fiquei usando...


Meu SEGUNDO celular - Finalzinho de 2007
No final daquele ano, um prima minha resolveu fazer uma bondade. Ela resolveu me dar um celular. Eu fiquei feliz, enfim eu iria abandonar aquele tijolão que que estava usando. Fomos à loja BEMOL, e ela comprou pra mim, o LG KP 109. Este era bem melhor que o anterior, pelo menos tinha rádio FM, além de ser um celular pequeno e de boa aparência. Este, foi muito útil pra mim. No entanto, depois apresentou alguns probleminhas.
1 - Primeiro, ele começou à dar alarme falso. Ela tocava como se tivesse chegando um SMS. No entanto,era apenas alarme falso. 
2 - Depois ele apresentou problema no display, eu efetuei a troca.
3 - No final do ano 2009 ele queimou de vez, e enfim, eu resolvi comprar outro. 


Meu TERCEIRO celular - Finalzinho de 2009
     Nessa época, a VIVO havia acabado de inaugurar uma antena 3G em Belterra, e como eu estava sem celular, eu fui atrás de comprar um. 
     Primeiramente, fui à loja da VIVO e encontrei um que me agradou e que cabia no meu orçamento, era o Nokia 3120. Na loja da VIVO, ele (desbloqueado) custava mais de 500 reais. Então, fui à uma loja da claro, e encontrei ele - bloqueado - por R$ 350,00. Fui à uma assistência técnica, para saber se eles tinham como desbloquear o aparelho, e eles me confirmaram que sim. Pronto, comprei, mandei desbloquear. Saiu para mim por R$ 370,00. 
    Deste celular, eu jamais posso esquecer a câmera dele. É uma câmera com apenas 2MP, mas, faz fotos bem nítidas. Mesmo fotos tiradas à noite com ele, ainda ficam com uma qualidade aceitável. No entanto, naquela época, eu já precisava de um celular um pouco mais avançado, que rodasse mais aplicativos e principalmente um celular que abrisse vários aplicativos ao mesmo tempo, coisa que este não fazia. Foi aí que comecei à procurar outro celular, ou melhor, agora eu queria um Smartphone com teclado QWERT...


Meu QUARTO celular - 2010
    Bem a minha vontade mesmo, era comprar o Nokia e71, devido ao sistema Symbian que oferece a possibilidade de abrir diversos aplicativos ao mesmo tempo. 
   No entanto, após acessar o site da revista INFO eu encontrei uma postagem uma postagem com o seguinte título: Nokia e63, um primo pobre bonitinho do E71.
    Como o Nokia e71 custava quase R$ 1.500,00, e eu não tinha essa grana toda. Eu vi na postagem da Info, a possibilidade de usar um celular com o sistema Symbian e com teclado QWERT, semelhante ao do E71, por um preço um pouco mais acessível.
    Fechei negócio. Comprei no site das loja Americanas, pois aqui na região do oeste do Pará, os celulares novos demoram para chegar, e quando chegam, trazem um preço absurdo. Muito acima, do preço que é cobrado em São Paulo, por exemplo. Este Smartphone é muito bom. O Teclado dele é ótimo para digitar SMS, e-mail e etc. A câmera dele, é meio embaçada, mas quebra um galho. Eu não tenho o que reclamar deste Smartphone. Mas, agora recente, no ano de 2011, eu precisei vendê-lo...


Meu QUINTO celular - 2011
     Após passar alguns dias com o celular, que emprestei, da minha esposa (um Nokia C3), eu comecei à procurar outro Smartphone. 
     Pior que, agora já sou um usuário mais exigente, agora antes de comprar eu olho um monte de sites, procuro reviews, vídeos no youtube, baixo o manual da internet, olho todas as configurações, pesquiso em fóruns e etc... até descobrir tudo sobre o aparelho que eu quero. 
    Após olhar pra lá e pra cá, e analisar o orçamento eu decidi que queria comprar o Milestone 2. Esta escolha foi devido ao orçamento, e devido ele rodar flash, que era uma das coisas que eu estava precisando muito em um Smartphone. Não sei, se a minha escolha se deu devido ao post que li no site da INFO com o título: Milestone 2 fica menos sisudo, mas acho que sim.  
      Aqui no Oeste do Pará, mas especificamente em Santarém, um Milestone 2, na VIVO custa mais de R$ 800,00 isso no plano pós-pago de R$ 90,00. 
      Depois de fuçar muito pela internet, finalmente eu achei um vendedor no mercado livre que vendia o mesmo aparelho, nacional, com nota fiscal, por apenas R$ 850,00. Após analisar tudo sobre o vendedor, ver se ele tinha uma boa reputação, analisei cada comentário dos compradores, resolvi fechar negócio. 
      Enfim, estou usando atualmente com um Milestone 2. É um ótimo aparelho, tem um tela de 3.7 polegadas, roda o Android 2.2, tem um ótimo touch screen - com uma boa sensibilidade. Não tenho tanto de que reclamar deste. Com excessão de duas coisas:
1 - O sistema dele já está desatualizado. Já foi lançado o Android 2.3, e até agora a Motorola não disponibilizou a atualização para os usuários do Milestone 2.
2 - Ele esquenta muito...
    Mas, mesmo assim, compensa. É um ótimo aparelho. 
    Enfim, parece-me que a tendência á mais menos essa. Os usuários estão à cada dia procurando celulares mais "potentes", com mais recursos.
    No entanto, vale ressaltar uma coisa importante. Sempre que as pessoas pedem para eu indicar um celular para elas, eu pergunto logo: "Você quer um celular pra que?", se eu perguntar isto pra minha mãe, ela me dirá: "Que faça ligação. E só isso". Então, eis aí moral da história. Precisamos comprar um celular que atenda as nossas necessidades.
    Aliás, devo dizer que minha mãe está até hoje, com o meu Nokia 3120 e está feliz da vida... Risos.

Deixe aqui seu COMENTÁRIO: