29 de agosto de 2011

Leia a notícia que o portal da INFO publicou, depois eu volto abaixo, para comentar algumas coisas:



São Paulo – Gilberto Kassab, prefeito de São Paulo, sancionou neste final de semana a lei que proíbe o uso de celulares dentro de agências bancárias e também em postos de atendimento com caixas eletrônicos.
A lei, publicada ontem no Diário Oficial, começa a valer a partir de amanhã, quando os bancos começarem o expediente.
O prefeito criou a lei para tentar diminuir os assaltos de clientes que sacam grandes quantias e são abordados por bandidos ao sair do banco. A prática é conhecida por `saidinha` e já resultou em mortes em São Paulo.
Segundo a lei, o banco será o responsável por proibir o uso de telefones celulares dentro da agência. Caso um fiscal da prefeitura flagre um cliente falando ao celular ou mandando mensagens de texto (SMS), o banco será multado em 2,5 mil reais. O valor dobra a cada reincidência.
Segundo o Diário Oficial, os bancos terão um tempo para se adaptar à lei. Por enquanto, ela não terá caráter punitivo e, por isso, os bancos ainda não serão multados – apenas advertidos.

Voltei...
Quando eu penso, que já vi de tudo neste Brasil, me aparece mais uma: A lei que proíbe usar celular nos bancos de São Paulo. Você já imaginou? A pessoa vai entrar em um banco, pegar uma fila enorme, passa 3 horas esperando e sem poder usar o celular? E quem depende do celular para se comunicar, para tratar de negócios? 


Isto pra mim, é o cúmulo... O Estado deveria dar segurança aos cidadãos e não banir o direito de comunicação. Agora vejam bem, terão 700 funcionários só para fiscalizar quem usa celular nos bancos. Esses 700 não deveriam fazer outra coisa? Cuidar da segurança lá fora? Fazer o policiamento ostensivo? 


Se pelo menos o atendimento nos bancos fosse rápido, questão de minutos era muito bom, mas sabemos que nem em sonhos o atendimento bancário é rápido. 


Se essa moda pega, daqui a pouco não vamos mais poder celular em lugar algum, tudo por motivo de segurança. Haja paciência. É nessas horas, que eu fico imaginando o que se passa na cabeça dos nossos políticos. Nota Zero pra essa lei.




Deixe aqui seu COMENTÁRIO: